Benito Salomão

Benito Salomão é um conhecido economista, pesquisador e intelectual brasileiro. Possui Doutorado em Economia pelo Programa de Pós-Graduação em Economia da Universidade Federal de Uberlândia, com tese sobre a Política Fiscal no Brasl e Mestrado em Economia com dissertação sobre os efeitos orçamentários da criação de municípios pela mesma Instituição. Em 2020 Benito Salomão foi Visiting Scholar Researcher na Vancouver School of Economics of the University of British Columbia no Canadá onde desenvolveu pesquisa sobre avaliação de políticas públicas aplicadas aos municípios do MATOPIBA. Atualmente Benito Salomão é Economista Chefe da Gladius Research, casa de análises voltada para avaliação de ativos financeiros.

O Economista assina como autor sete ensaios científicos em periódicos de renome no Brasil e no exterior, também é autor do livro Perspectivas de Desenvolvimento no Município de Uberlândia: Uma Abordagem Econômica, Social e das Finanças Públicas. É também vencedor de 2 edições do Prêmio Brasil de Economia do COFECON, em 2020 ficando em 1° lugar e em 2018 vencendo em 3° lugar. Desde 2021 Benito Salomão é membro associado do International Institute of Public Finance (IIPF), que reúne estudiosos e pesquisadores da área de economia do setor público de mais de 50 países.

Possui contribuições para o debate público e acadêmico em diversas áreas do pensamento. Na imprensa são mais de 180 artigos para mais de 10 veículos de comunicação, inclusive jornais de projeção nacional como Folha de São Paulo, Correio Braziliense e Valor Econômico. Na Academia as contribuições de Benito Salomão se fazem presente nos principais encontros nacionais e em muitos seminários internacionais, além de publicações em periódicos reconhecidos pela comunidade científica. Consulte o curriculum vitae.

Com destacada atuação também na área empresarial, entre 2008 – 2014 foi Diretor de Administração da Joalheria Salomão, período no qual empreendeu inúmeras ações em favor da comunidade, trabalhando junto à Polícia Militar na criação e implantação do Projeto de Comércio Solidário em Uberlândia, cujo o reconhecimento lhe rendeu a outorga pelo 17° Batalhão de Polícia de um título em reconhecimento. É também conselheiro do Conselho Diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas de Uberlândia (CDL). Foi Fundador do Conselho de Jovens Empresários da Associação Comercial e Industrial de Uberlândia (ACIUB).

Produção Científica

Livros:

SALOMÃO, B. A. (2020) Perspectiva de Desenvolvimento no Município de Uberlândia: Uma Abordagem Econômica, Social e das Finanças Públicas. É possível adquiri-lo aqui.

Ensaios:

SALOMÃO, B. A. ; SANTOS, J. F. C. ; REIS, G. A. Volatilidade Cambial, Incertezas Políticas e Demanda Agregada: Vinte Anos de Regime de Câmbio Flutuante no Brasil. RACEF Revista de Administração, Contabilidade e Economia da Fundace, v 12(2), p 41 – 59, 2021. Disponível Gratuitamente para download aqui.

SALOMÃO, B. A. Quando a Política Afeta a Economia? Os Efeitos da Instabilidade Macroeconômica e Incertezas Políticas sobre o Mercado de Capitais. RBEE. Revista Brasileira de Economia de Empresas, v 20, p 21 – 34, 2020. Disponvíel gratuitamente para download aqui.

SALOMÃO, B. A. Problemas Fiscais, Efeito Flypaper e Hipotese do Leviatã em Uberlândia: Diagnóstico e Proposição de Soluções. Revista de Desenvolvimento e Políticas Públicas, v 4 (2), p 21 – 39, 2020. Disponível gratuitamente para download aqui.

SALOMÃO, B. A. ; ANDRADE, L. A. ; ANDRADE, W. R. The Dynamic Effects of Pollution on Growth and Inflation: A Derivation of the New Keynesian Environmental Canonic Model. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, v 10, p 359 – 372, 2019. Disponível gratuitamente para download aqui.

SALOMÃO, B. A. ; SILVA, G. J. C. Desaceleração, Indústria e Demografia no Brasil: Uma Investigação sobre a Estagnação da Economia Brasileira. RDE Revista de Desenvolvimento Econômico. v 43, p 136 – 160, 2019. Disponível gratuitamente para download aqui.

SALOMÃO, B. A. ; SILVA, G. J. C. Consolidação Fiscal, Multiplicadores Fiscais e a Curva de Laffer Ampliada: Uma Abordagem a partir das Receitas e Despesas Públicas. REOESTE, Revista de Economia do Centro Oeste, v 5, p 35 – 48, 2019. Disponível gratuitamente para download aqui.

A ser publicado:

SALOMÃO, B. A. ; DA SILVA, C. G. Assimetrias e Causalidades entre Receitas e Despesas Públicas no Brasil. ESTUDIOS ECONÓMICOS, 2022.

SALOMÃO, B. A. ; DA SILVA, C. G. Não Linearidades na Relação entre a Dívida Pública e o Crescimento Econômico. NOVA ECONOMIA, 2022.

Compartilhe
Translate »